Talk Walker Alerts, monitorando a sua presença no Google de graça

Ninguém precisa dizer para você que o Google é o principal buscador do mundo e é ainda mais forte dentro do Brasil. Em muitos casos, o Google é uma das principais fontes de tráfego para o site, chegando a ser responsável por mais da metade das visitas sem muita dificuldade.

Mas o Google tem uma outra grande utilidade além de trazer visitas para o seu site: saber o que estão falando sobre a sua empresa dentro da internet. Diversos posts, sites e notícias são criados e publicados diariamente, e é importante estar com os olhos voltados para o Google para saber o que as pessoas estão encontrando quando procuram pelo seu nome.

Diversas ferramentas de monitoramento fazem este tipo de controle, ajudando você a identificar o que está sendo dito sobre determinadas palavras-chave, tanto dentro de blogs e portais de notícias como em mídias sociais. Mas muitas empresas não têm interesse em pagar por estes serviços, que mesmo estando mais baratos e acessíveis hoje em dia, ainda assustam alguns empresários.

Uma forma simples e – o mais importante – GRATUITA de se manter atualizado sobre o que está sendo dito sobre a sua marca é usando o Google Alertas, uma ferramenta do Google que avisa sobre novas ocorrências de determinadas buscas. Já falamos disso aqui, e mostramos como pode ser uma ótima ferramenta para você estar sempre alerta.

Mas nem tudo são flores, porque já faz alguns meses que o Google Alertas praticamente parou de enviar notificações (ou envia muito pouco). Diversos blogs já alertaram sobre este problema, ainda sem solução ou resposta oficial da empresa. Neste tumulto surge o Talk Walker Alerts, uma ferramenta que funciona praticamente como um clone do Google Alertas, criado pela Talk Walker, serviço de monitoramento de mídias sociais. Esta ferramenta de alertas é gratuita e oferece as mesmas funcionalidades do Google Alertas, com a diferença de funcionar muito bem.

Como usar o Talk Walker Alerts

Para começar, acesse o endereço www.talkwalker.com/en/alerts. Na primeira vez em que você acessa, poderá sair direto criando o seu primeiro alerta. A única informação que você precisa é o seu email, que será o seu usuário para gerenciar os alertas futuramente e também será o endereço para onde as mensagens serão enviadas.

Como você pode ver na imagem abaixo, existem 5 campos que devem ser preenchidos:

  • Search Query – O que deve ser procurado?
  • Result Type – Qual o tipo de resultado? (Recomendo buscar por tudo)
  • Language – Em qual idioma você quer procurar? (Recomendo colocar “Portuguese” apenas se receber muitos alertas desnecessários)
  • How Often – Quer receber os alertas com que frequência? (Você pode receber toda vez que há uma nova ocorrência, uma vez por dia ou uma vez por semana)
  • How Many – Todos resultados ou melhores? (Recomendo buscar por todos os resultados)

Obs.: Dentro da opção “Search Query” o serviço deve aceitar qualquer busca do Google, mesmo que você use as buscas avançadas (Aprenda a fazer buscas avançadas no Google).

talk-walker-exemplo

Depois de criar o seu primeiro alerta, você receberá em seu email os alertas e poderá agora acessar o painel para gerenciá-los. Não há limite do número de alertas, portanto recomendo usar pelo menos para as principais buscas envolvendo a sua empresa, marca ou nome.

Não monitore apenas o seu nome

Não se limite a criar apenas um alerta com o nome da sua empresa. Monitore outras buscas que envolvem não apenas a sua empresa, mas o seu mercado. Confira dicas de algumas coisas que você deve ter em sua lista de alertas: