Como construir um comércio eletrônico gratuito

O comércio eletrônico cresce dentro do ::tag(“brasil”,”Brasil”):: por diversas razões. O fácil acesso a internet e aumento de ::tag(“empresas”,”empresas”):: que estão entrando neste mercado online também, já que assim surgem melhores promoções e condições para o consumidor final.

Impulsionados pelas ::tag(“compras-coletivas”,”compras coletivas”):: (que também é uma modalidade do ::tag(“comercio-eletronico”,”comércio eletrônico”)::) e também pelos números favoráveis a pratica que surgiram no último mês de 2010 fazem com que aumente a procura por este tipo de comércio.

Confira também: Participe você também!

Como fazer um e-commerce gratuito?

A possibilidade de vender para qualquer lugar do mundo e o corte em despesas fixas como aluguel (e outras despesas fixas ligadas ao estabelecimento físico) são as principais vantagens deste tipo de comércio online.

Agora que você já sabe das vantagens, como proceder para construir uma ferramenta eficiente de vendas online? E melhor, uma que seja gratuita.

Para conseguirmos construir tal ferramenta vamos considerar 3 alicerces, plataforma de venda (onde você vai expor e dar mais informações sobre o estabelecimento), canal de relacionamento (como atender os clientes de forma organizada) e transferências (como efetuar cada venda).

Plataforma possíveis:

Para você conseguir um vender um serviço/produto, você precisa de uma plataforma onde vai poder mostrar ele. Você pode usar diversos serviços gratuitos para mostrar a sua experiência, os seus produtos, casos de sucesso ou mesmo mostrar um portfolio completo.

Exemplos:

  • Mercado Livre
  • Elo7
  • Orkut
  • Blog
  • Facebook
  • Flickr

Canais de relacionamento possíveis:

Como em qualquer comércio, haverão dúvidas. Tenha uma área ou serviço destinado ao suporte, para tirar dúvidas, receber sugestões e críticas. Nestes casos um sistema de FAQ pode sempre poupar tempo.

Exemplos:

  • Twitter
  • E-Mail
  • Facebook
  • Formspring
  • MSN/Gtalk
  • Google Groups

Transferência de valores:

O estágio final da compra se concretiza com a troca de valores, ou seja, quando o consumidor faz a compra do produto/serviço. Por se tratar de uma compra a distância é necessário um sistema de para gerenciar e passar segurança para ambas as partes, geralmente cobram uma taxa referente a cada transação.

Exemplos:

  • PayPal
  • PagSeguro
  • Transferência Direta/Bancária.

Agora que você já tem algumas dicas, hora de botar a mão na massa e planejar seu próprio negócio. 🙂

PUBLICADO POR

Dennis Altermann

Fundador-Editor aqui no blog Midiatismo, trabalhando com marketing digital na DuPont Pioneer do Brasil. Entusiasta e estudioso nas áreas de comunicação, cultura, comportamento e tecnologias digitais.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail