A importância do opt-out no e-mail marketing

O uso de e-mail marketing pelas empresas é algo que incomoda muitos consumidores, mas mesmo assim os números mostram que as pessoas tem interesse em receber, desde que seja algo relevante. O grande problema da newsletter ou da mala direta não é a sua existência, mas a forma como estas ferramentas são utilizadas.

A verdade é que nem todo internauta recebe as mensagem da mesma forma. É importante estar atento aos recebimentos, eles vão mostrar se seu envio está sendo bem recebida ou não. Nestas ocasiões a opção de opt-out e informações sobre canais de comunicação entre consumidor e empresa se tornam tão importantes quanto o próprio conteúdo da mensagem.

Uma vez que muitos internautas recebem newsletter sem nunca ter pedido uma, se inscrevem para o recebimento sem querer ou até quando o fazem propositalmente, descobrem que o conteúdo daquelas mensagens não lhe interessa e querem cancelar o recebimento das próximas, isto deve ser feito com facilidade, sem incomodação. Lembre-se, ao dificultar o trabalho de cancelamento você pode ser marcado como spam pelo próprio serviço de e-mail e quando isso ocorre, você corre o risco de ver todos os emails com este endereço indo direto para caixa de spam em todas as contas daquele serviço.

A melhor forma de oferecer um opt- out, opção de retirada, é fazer com que o usuários cancele o recebimento em no máximo dois cliques. Por outro lado, é possível oferecer uma forma de o usuário dar o seu feedback. Não faça como a maioria, que praticamente obriga o internauta a selecionar uma razão para não receber mais, ele deve o fazer se quiser e estar livre para justificar. Dentro da web falamos muito em relacionamento, portanto é importante que as empresas entendam que mesmo na hora de interromper, há um relacionamento.

Opt-Out #Fail

Exemplo de Opt-Out Fail. Via Cris Dias.

Se for escolhida a estratégia de tentar conseguir um retorno por parte do usuário, pode haver junto ao botão que vai definitivamente cancelar a inscrição do e-mail, botões em forma de checkbox para receber feedback diretamente do usuário, sem muitos exageros, sem muito tempo, deve ser simples e fácil. Mas lembre-se que JAMAIS, leia bem, JAMAIS, estas informações devem ser obrigatórias, muito grande e/ou atrapalharam a visibilidade do usuário em relação ao botão de cancelamento.

A possibilidade de um feedback mais completa ajuda não só a empresa a utilizar melhor a ferramenta que tem mãos, mas também auxilia na hora de analisar os resultados. Por exemplo, em um mês que uma empresa recebe 50 cancelamentos de recebimento pode ser preocupante para alguns, mas se houve um feedback de que 49 justificaram como não sendo o seu público-alvo, a empresa vai perceber que o prejuízo não foi tão grande, afinal, estes 49 usuários não utilizariam aquela mensagem para nada. Nestes caso cabe a empresa saber a melhor forma de atingir o público-alvo, quantidade não significa qualidade, oferecem uma newsletter ou mala direta de qualidade com certeza trás mais retorno.

PUBLICADO POR

Dennis Altermann

Fundador-Editor aqui no blog Midiatismo, trabalhando com marketing digital na DuPont Pioneer do Brasil. Entusiasta e estudioso nas áreas de comunicação, cultura, comportamento e tecnologias digitais.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail