O tema do evento deste ano é: Como Social Media não muda tudo!

Algum tempo atrás trouxemos aqui no blog os 10 principais eventos na área digital do Brasil, nestes locais é muito comum falar sobre “Mídias Sociais”, ou “Social Media”, como muitos gostam de dizer. Mas uma piada de um dos últimos episódios de Os Simpsons da temporada atual me chamou atenção para um “problema” comum a todos eventos destes últimos (e talvez dos próximos) anos.

Já perceberam agora como todo mundo gosta de fazer um evento sobre mídias sociais? Não importa se você está falando de comunicação, política, negócios, brinquedos, eletrônicos ou carros, as mídias sociais sempre estão no meio.

Não me entendam mal, os eventos sobre mídias sociais são muito importantes para o desenvolvimento da área, troca de experiências e evolução deste meio, mas convenhamos, será que precisamos de tanto mesmo? Agora talvez nem tanto, mas até pouco tempo atrás tínhamos eventos sobre esse assunto praticamente todo o final de semana (se você procurar bem, vai achar).

Beleza, você vende picolé na esquina, mas não quer dizer que você precisa reunir todos os vendedores de picolé e fazer um evento sobre “Como a venda de picolés muda com a chegada das mídias sociais”

Estamos vivendo uma alteração muito forte na comunicação a partir do momento que as pessoas estão tendo uma maior representatividade sobre qualquer produto, dando mais espaço para que essas pessoas elogiem, reclamem, alterem, destruam, enfim, mudem qualquer comportamento.

O que quero dizer, resumindo um pouco, é que a mudança das mídias sociais altera sim o comportamento da pessoas, mas as pessoas que consomem o nosso produto ou participam do nosso dia-a-dia ainda são as mesmas, com a mesma cultura e as mesmas questões existenciais.

Precisamos entender que as mídias sociais não mudam o que as empresas fazem ou devem fazer, elas apenas estão trazendo diferentes paradigmas que acrescentam uma nova forma de relacionamento com o consumidor, mas não precisamos gastar dias e dias de nossas vidas discutindo as mesmas coisas, em um looping infinito como tem acontecido nos últimos anos.

PUBLICADO POR

Dennis Altermann

Fundador-Editor aqui no blog Midiatismo, trabalhando com marketing digital na DuPont Pioneer do Brasil. Entusiasta e estudioso nas áreas de comunicação, cultura, comportamento e tecnologias digitais.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail