Investir em marketing significa vender mais, não se esqueça.

Chegamos ao ponto onde quase todo mundo com um computador e acesso a internet esta conectado através de alguma mídia social, a procura por estas ferramentas para estratégias de marketing é obviamente cada vez mais comum.

Mas o excesso de pessoas procurando explorar este mercado acaba criando um problema enorme para toda a categoria, a falta de profissionais qualificados. Dentro desta categoria de falta de qualificação poderíamos colocar diversos tipos de profissionais que vemos por aí todos os dias, mas hoje vou falar especificamente de um tipo, o “social demais“.

O controle das nova ferramentas acaba ficando quase sempre na mão dos mais jovens, que nem sempre tem a qualificação necessária para executar o trabalho de marketing nestas ferramentas. Talvez seja este o grande defeito por trás da maioria destes profissionais, entender a diferença entre saber usar as mídias sociais e saber usar elas como ferramenta de marketing.

Não podemos dizer que isto é um problema por trás da formação, já que a maioria dos profissionais da área digital acaba aprendendo por experiência própria, lendo, testando, interagindo. O grande problema dessa falta de conhecimento vai fazer com que aquele “profissional” que esta saindo para o mercado muitas vezes saia “social demais”.

Não me entenda mal, as empresas precisam sim adotar um lado mais humano mesmo, isso é fundamental para passar transparência e conseguir interagir com os seus consumidores, criando um vínculo mais forte que pode ser convertido em vendas, mas o que nenhum profissional da área de marketing digital deve esquecer é que estamos falando de marketing, de vender mais e de conquistar o cliente.

Nada adianta ter 100.000 seguidores se aquilo não for trazer algum benefício para a empresa, por que você acha que algumas empresas demoraram tanto para entrar nas redes sociais? Posso dizer que com certeza, em 90% das vezes, porque a maioria não conseguia enxergar estes benefícios, ver como atrair este retorno. Mas não podemos nos enganar e pensar que devemos ficar vendendo produtos o tempo todo diretamente aos seguidores, pois este não é o local apropriado.

Dinheiro, lucro, retorno... é o que toda empresa procura, não é mesmo?

Dinheiro, lucro, retorno... é o que toda empresa procura, não é mesmo?

Mas então, como as empresas se beneficiam usando as mídias sociais?

Antes que alguém me crucifixe, não pensem que as redes sociais devem ser usadas para venda direta, mas sim indireta. Nesta mídia o objetivo acaba sendo fortalecer o relacionamento com o cliente, interagindo com ele e dando suporte necessário.

O objetivo deste suporte é se aproximar do consumidor e fazer com que, através do bom relacionamento, ele adquira o seu produto ao da concorrência.

Esta é uma tarefa simples?

Com certeza não. Os clientes tem cada vez mais espaço e por isso se tornam cada vez mais exigentes. Não podemos mentir para eles, eles sabem que toda empresa com presença online tem segundas intenções.

Não force a barra, o consumidor não é bobo e se ele descobrir que você estes apenas vendendo diretamente, vai simplesmente lhe ignorar. Estas e outras razões mostram que a transparência neste tipo de relacionamento é fundamental.

PUBLICADO POR

Dennis Altermann

Fundador-Editor aqui no blog Midiatismo, trabalhando com marketing digital na DuPont Pioneer do Brasil. Entusiasta e estudioso nas áreas de comunicação, cultura, comportamento e tecnologias digitais.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail