Você curte ou compartilha mais no seu Facebook?

Você já curtiu esse post no Facebook? Já compartilhou ele dentro do Facebook com seus amigos? Espero que sim. Hoje quero trazer aqui uma reflexão sobre como o comportamento dentro da rede social de Mark Zuckerberg por nós brasileiros. Já faz alguns dias que comecei a perceber que as pessoas começaram a compartilhar mais coisas que o comum. Já havia pensado no assunto, mas foi no começo do mês quando postei uma ação no Facebook neste post que comecei a refletir mais sobre o assunto.

Eu havia percebido que as pessoas estavam utilizando com mais frequência o botão compartilhar do que anteriormente. Antigamente era normal entrar no Facebook e ver as pessoas curtindo coisas e comentando em fotos. Nos últimos tempos, o compartilhamento de imagens (como a da ação mencionada) cresceu muito e hoje é uma das coisas mais comuns de se ver no seu feed de atualizações.

Outra “prova” disto é o crescimento (ou até surgimento) de perfis e fan page voltadas apenas a publicação de imagens de reflexão, piada, tirinha, etc. Um uso que, até então, era muito comum no Tumblr foi incorporado ao Facebook. Está “suspeita” tomou ainda mais força quando, alguns dias atrás, me deparei com este texto do Guilherme Ludwig que traz justamente esta discussão.

Como o Guilherme mesmo lembrou em seu texto, a função “compartilhar” do Facebook está se transformando, de uma certa forma, em algo semelhante ao que o RT representa hoje para o Twitter. Em alguns conteúdos as pessoas estão preferindo compartilhar do que apenas curtir.

Será que este comportamento é uma modificação apenas do usuário? Eu acho que não. As diversas mudanças que Zuckerberg vem fazendo em sua rede social nos últimos tempos deve estar ajudando a, aos poucos, mudar o comportamento dos usuários em relação ao uso da ferramenta. A evolução do botão curtir nos sites, que agora abre um pop-up” para que a pessoa compartilhe, também pode ser de grande influência neste comportamento.

A popularização da ferramenta no Brasil, onde está crescendo rapidamente, também ajuda a compreender uma nova forma de utilização dela. Assim como dito pelo Guilherme, um número maior de pessoas utilizando a rede social significa um número maior de formas de utilizar que acabam podendo se espalhar. Eu iria além, diria que a chegada de usuários vindos do Orkut traz uma nova forma de uso assim como a chegada de novos internautas pode estar trazendo pessoas que “não entendem” o curtir e acham mais lógico o botão de compartilhar.

Outro fator “insite” é que, postagens com mais compartilhamento aparentemente chamam mais atenção e por isso levam mais pessoas a compartilhar as mesmas.

E você, acha que está realmente mudando o comportamento do usuário do Facebook ou é apenas uma coincidência?

 

PUBLICADO POR

Dennis Altermann

Fundador-Editor aqui no blog Midiatismo, trabalhando com marketing digital na DuPont Pioneer do Brasil. Entusiasta e estudioso nas áreas de comunicação, cultura, comportamento e tecnologias digitais.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail