Agora você pode seguir empresas no LinkedIn com um botão, igual ao Twitter.

O LinkedIn não é a rede social mais popular do mundo em número de usuários, mas mesmo assim é muito usada profissionalmente por empresas. No último dia 27/02 a empresa lançou através de seu blog a possibilidade de seguir empresas através de botões que podem ser adicionados a qualquer página, exatamente como o botão “Seguir” do Twitter ou “Curtir” do Facebook.

O interessante desta novidade é que você poderá seguir as empresas direto pelos botões, nas buscas dentro do site e até mesmo direto através do perfil de uma pessoa, quando ela estiver linkada a empresa. Com estas novidades, pode ser muito mais simples seguir empresas dentro da rede social.

[youtube http://www.youtube.com/watch?v=jykqF-neZ2I]

Se você tem interesse em adicionar o botão de “Seguir” no site de sua empresa, é muito simples, basta acessar https://developer.linkedin.com/follow-company.

No Brasil são poucas as empresas que utilizam com frequência a sua página do LinkedIn, que geralmente acaba tendo finalidade de distribuir informações profissionais, como vagas de empregos, novidades sobre a empresa, situações de mercado, etc. Atualmente no Brasil, as 5 maiores páginas de empresas de acordo com o número de seguidores são:

  1. Petrobras – 56.000+ seguidores
  2. Vale – 44.000+ seguidores
  3. Itaú Unibanco – 24.000+ seguidores
  4. Natura – 23.000+ seguidores
  5. Odebrecht – 20.000+ seguidores

( ::aqui(“http://www.linkedportugal.com/2012/03/01/top-10-maiores-empresas-brasileiras-no-linkedin-2012/”,”Informações via LinkedPortugal, confira o resto da pesquisa”):: )

 

Caso você use bastante o LinkedIn, recomendamos dar uma olhada na ::aqui(“http://www.linkedin.com/company/blog-midiatismo”,”página do Midiatismo por lá”)::.

PUBLICADO POR

Dennis Altermann

Fundador-Editor aqui no blog Midiatismo, trabalhando com marketing digital na DuPont Pioneer do Brasil. Entusiasta e estudioso nas áreas de comunicação, cultura, comportamento e tecnologias digitais.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail