RockMelt – A “revolução” do Browser

Então eis que após o domínio quase feudal do Internet Explorer da Microsoft em boa parte dos computadores vendidos no mundo inteiro, a safra de navegadores demorou a aparecer e dar novas perspectivas aos usuários. Durante muito tempo, o I.E. Reinou sozinho como único acesso às URL’s tendo enfrentado a concorrência somente do Netscape (este depois, sucumbido pela própria Microsoft).

Não que o Explorer não atendesse as necessidades, pelo contrário, ainda é um dos navegadores mais utilizados do mundo, mas as constantes falhas entre as versões de atualização forçaram o surgimento de novos browsers. Tais como o Opera, o conhecidíssimo Firefox e, há pouco mais de 02 anos o Chrome como cartada certeira do Google dentro de navegação de sites.

RockMelt, o navegador para mídias sociais

O que esses navegadores têm em comum? Cada um deles se utiliza de uma interface muito semelhante. Mero exibidor de HTML e reprodução de conteúdos audiovisuais, se o layout mudou as ferramentas também, mas não trouxeram o conteúdo a mais de novidade que pudesse diferenciá-los entre outros browsers. Somente sendo capaz de serem mais rápidos ou não de seus concorrentes.

Mas há um novo Browser chegando e que este promete bagunçar consideravelmente o mercado. O Rockmelt, projeto desenvolvido sob a plataforma livre do Chrome e que ainda está em fase de testes. (quem tiver interesse em testá-lo vai se sentir muito familiarizado com o Chrome), porém as semelhanças param por aí.

O Rockmelt agrega diversos serviços aleatoriamente de maneira bem simples. Em outras palavras – Redes Sociais, vídeos, áudio tudo que você está acostumado a abrir várias janelas de seu browser com o Rockmelt isso acaba. Você navega tendo seus amigos do Facebook e Twitter na barra de ferramentas enquanto você navega pelos sites.

O navegador é em formato de nuvem tem muitas semelhanças com o Facebook. Para início você precisa logá-lo o que para muitos usuários já seria um problema visto que impede ao internauta a possibilidade de se manter “escondido” e a privacidade em risco. De qualquer forma, ele se mostra altamente eficiente, sobretudo quando realiza bem a sua proposta de ser um navegador em contato direto com as redes sociais.

Particularmente vejo possibilidades ainda maiores com o Rockmelt. Por ter um sistema de navegação simples e intuitiva. Ele pode ser utilizado tanto por plataformas fixas como também móveis. Ou seja, é possível desenvolvê-lo como browser para os modelos de celular 3G comuns no mercado o que ampliaria ainda mais os seus recursos, como linká-lo ao Foursquare, por exemplo, fazendo dele a mais nova revolução em matéria de navegadores.

Mas não pára por aí, outro dado importante é que, no caso dos blogs, quem tiver acesso já é logado diretamente no seu blog pessoal e o RSS já te direciona guiando possíveis outros blogs para adicionar. Quais as possibilidades disto? É que o Rockmelt pode fazer com que os sites que você acessa e procura utilize um sistema de buscas randômico fazendo você visitar sites que você não procuraria e fazendo isso através de “tags” simples, nesse ponto poderia utilizar e muito o sistema que o StumbleUpon prometia fazê-lo.

Apesar de haver muita festa com a novidade. O navegador ainda está em fase de testes. É interessante testá-lo e poder enxergar um universo de possibilidades que não eram sequer vislumbradas com os modelos de browser atualmente existentes. O Rockmelt lhe oferece muito serviço de uma vez, lhe deixando meio confuso com tantos recursos, mas se souber fazer seu dever de casa direitinho, tem tudo para se tornar a mais nova vedete dos internautas em curto tempo.
Links:

RockMelt: A Great Social Browser for the Desktop, But Isn’t This the Mobile Era?
RockMelt Browser: Novidade na Nuvem
Rockmelt: O navegador das Mídias Sociais

Escrito por Rafael Gomes

Jornalista formado pela UFS, tem 27 anos. E Integrante do Grupo de Pesquisa em Marketing da Universidade Federal de Sergipe
Colaborador do site UPIU.com
Tem um blog chamado: www.20dizer-isso.blogspot.com

Post enviado pelo leitorEnvie você também

PUBLICADO POR

Rafael Gomes

Jornalista, Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Sergipe e estudante de Direito pela Unit.. é Pesquisador na área de Redes Sociais, Mídia Sonora e Novas Tecnologias, colaborador do site da United Press International University (UPIU) e do Midiatismo, Possui um Blog específico na área de Rádio e Novas Tecnologias.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail