Redes sociais – Permitir ou Bloquear o uso nas empresas?

É normal vermos em empresas que ainda possuem suas politicas internas de bloquear sitesindevidos”, e outros sites que o “alto escalão” da empresa considera que possa atrapalhar no andamento do trabalho, e muitas vezes estes bloqueios possuem as Redes Sociais.

É possível acompanhar diversos questionamentos por ambas as partes, tanto do colaborador que possuis os sites restritos, quanto do alto escalão que optou por esta politica.

Será mesmo que bloquear as redes sociais irá melhorar o desempenho dos colaboradores?

Está duvida é muito frequente por aqueles que devem dizer se devem proibir ou permitir o acesso às redes sociais, e sem dúvida deve surgir diversas dúvidas sobre o qual a melhor opção. Vamos analisar alguns pontos que podem fazer a diferença no momento desta escolha.

Permitir o uso?

Muitas empresas têm mantido seus perfis sociais, ou seja, estão no Twitter, Facebook, LinkedIn e assim por diante, será que permitir o uso das redes sociais, e proporcionar aos colaboradores que compartilhem informações sobre a empresa, divulguem casos de sucesso, novas parcerias, projetos concluídos, entre outros, será que está alternativa não proporcionaria maior presença on-line e maior visibilidade da mesma?

Permitir aos clientes um novo canal para comentários, reclamações e sugestões, levando-se em consideração que muitas empresas já utilizam as redes sociais, poderia proporcionar a estes clientes que façam um contato direto pelas redes sociais.

Nova possibilidade de encontrar respostas para dúvidas, opiniões e sugestões, ou seja, as redes sociais pode proporcionar aos colaboradores um novo canal para encontrar soluções para suas dúvidas, encontrar opiniões de outras pessoas sobre algum produto ou serviço, assim como pode receber sugestões sobre algo.

Bloquear o uso?

Perda de foco, este sem dúvida é o argumento mais utilizado por aqueles que escolhem bloquear o uso das redes sociais, muitos empresários dizem que os colaboradores perdem o foco quando podem acessar as redes sociais, pois em muitos casos eles acessam as redes sociais em horários indevidos, interrompendo algum raciocínio, o que acaba gerando perda de produtividade.

Conversas pessoais, assim como perda de foco este motivo é muito utilizado por aqueles que escolhem bloquear o uso das redes sociais, pois eles consideram que as pessoas acabam utilizando esta “liberdade”, para realizarem atividades sem nenhum foco no trabalho.

Conclusão (Opinião).

Considero as redes sociais um excelente meio de comunicação, fonte de pesquisas, além de proporcionar momentos de relaxamento, ainda mais quando você passa boa parte do dia atolado de problemas.

Proibir o acesso às redes sociais faz com que muitos colaboradores busquem meios alternativos de continuar tento acesso aos sites, e talvez estes métodos alternativos não sejam tão seguros, o que pode acarretar em problemas para o próprio colaborador, além de poder trazer insegurança à rede da empresa.

As empresas podem optar por liberar o acesso às redes sociais por parte dos colaboradores e comparar seus desempenhos de antes e depois de permitirem este acesso, como muitas coisas na vida, cada pessoa possui um método diferente de se adaptar a situações diferentes, neste caso algumas pessoas podem melhorar seus desempenhos e outras piorarem, ai vai de cada empresa, optar por realizar um filtro de quem ira bloquear ou não, além de possuírem a opção de conversar com os que perdem desempenho e esclarecer os pontos de terem liberado o acesso.

Saber utilizar a liberdade que lhes foi dada é a parte mais importante neste ponto por parte dos usuários, sem dúvida os mesmos devem saber até que ponto isto pode atrapalhar seu desempenho no trabalho, pois este acesso muitas vezes é proporcionado esperando que o desempenho melhore e não piore, e em caso de piora da maioria dos colaboradores, pode fazer com que os responsáveis pela liberação voltem atrás e bloquem novamente, além de criarem ainda mais insegurança sobre a eficiência de liberar o acesso as redes sociais por parte dos colaboradores.

Qual a sua opinião sobre o assunto? Acreditam que as empresas deveriam ou não liberar acesso as redes sociais para seus colaboradores?

Abraço e até a próxima.

PUBLICADO POR

Thiago Batista

Estudante de Gestão de Tecnologia da Informação através da Unisul virtual de SC. Trabalha na WRA Gestão em TI de Maringá. Amante de Tecnologia e um Eterno Aprendiz.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail