Por que o Twitter possui tantas falhas?

Se passarmos por pesquisas e análises sobre o Twitter, veremos que na maioria dos casos estes apresentam uma vasta quantidade de falhas que o Twitter possui, mas se tentarmos encontrar o real motivo sobre isto pode ser que seja possível justificar.

Nestes últimos meses é possível vermos analise sobre uma possível Bolha da Internet, assim como ocorreu em meados de 2000, e isto realmente pode ter motivos para ocorrer.

Em pouco tempo de sua “explosão” o Facebook já vale uma fortuna, se aproximando de empresas consagradas do mundo da Tecnologia, o Twitter está caminhando pelo mesmo rumo, mas se pararmos para analisar o Twitter ainda não possui uma forma consagrada e consolidada de receber dinheiro de empresas ou usuários, como é o caso do Google que já possui um método excelente e eficaz. O Facebook parece ter encontrando uma “formula” (Como o Facebook ganha dinheiro?) para receber dinheiro de empresas e usuários, e está conseguindo dinheiro para se auto sustentar e gerar lucros.

Ao analisarmos o Twitter, ele ainda não possui uma forma consagrada de receber dinheiro de seus usuários, e principalmente das empresas que utilizam a ferramenta, ficando amarrado aos investidores de risco, como é normal em startups no Mundo Internet. Atualmente a empresa está amarrada aos “investidores de risco”, o que pode ser uma boa para empresas que não está nas bolsas de valores, atualmente o Twitter, utiliza os “Perfis Recomendados”, “Tweets Recomendados” e estão com o intuito de iniciar as “Paginas Personalizadas”, o mesmo que ocorre com o Facebook.

Muitas empresas “grandes” que estão utilizando (ou tentando utilizar) estas ações de marketing em busca de novos seguidores e relevância na rede pode gerar um maior número de seguidores, o que “automaticamente” poderiam se tornar consumidores da empresa, mas estes recursos no Twitter tem se “restringido” a poucas empresas, devido aos limites impostos pelo Twitter no numero de ações simultâneas.

Como dito acima, o Twitter estaria dispostos a adicionar mais uma forma de gerar receita, e automaticamente uma nova forma de diferencias as empresas que buscam e investir no Twitter, que seria as páginas personalizadas, com isto ganharia um “ar” de destaque perante aos perfis comuns que possuem na rede, este método sem duvida proporcionaria as empresas um Profissionalismo, maior perante aos consumidores, mostrando o interesse nos consumidores, pois estariam entrando no mundo já “dominado” (ou melhor, entendido) pelos usuários. Este método não foi criado pelo Twitter, mas “copiado” do Facebook, por aparentemente ter “funcionado” nesta outra rede social, o Twitter acredita que vale a pena “arriscar” neste método, em busca de gerar maior receita.

Até aonde é divulgado o Twitter não possui nenhum outro método de gerar dinheiro além dos citados acima, então lhe pergunto, como é que uma empresa que possui apenas “protótipos” de como gerar dinheiro pode possuir um alto valor de mercado? Não irei entrar no mérito da questão, por acreditar que este assunto ainda vai dar muito que falar.

Vocês devem estar se perguntando o que tudo isto tem a ver com as falhas, era realmente aqui que gostaria de chegar, pelo Twitter não possuir um método consagrado, funcional e eficaz, a empresa fica amarrada aos investidores de riscos, ou seja, todos os investimentos que são injetados nela são para um possível “tapa buraco”, ou seja, eles não possuem receita suficiente para comprar servidores necessários, ou para manter uma equipe que consiga atender ao grande número de usuários, desta forma acaba gerando o conhecido gargalo, mas neste caso não é possível fazer muito coisa, o que o Twitter e as demais empresas que tiveram um crescimento Muito Rápido estão tentando fazer, é criar métodos de gerar receita não só para manter-se e passar a não depender mais de investidores de risco, como também para justificar seu alto valor de mercado.

Estamos observando que o Twitter está realizando diversas modificações em suas funcionalidades e recursos exigindo cada vez mais de seus servidores, talvez tenham investido o suficiente em sua estrutura, podendo assim diminuir os problemas recorrentes na rede, logo após estes período de transação é possível ainda presenciarmos falhas (o que considero um processo de adequação e adaptação do novo “ambiente”), mas ao que tudo indicia o Twitter está em busca de diminui-las ou até mesmo acabar com as falhas.

Caso tenham algo a complementar sinta-se a vontade para expor sua opinião.

Abraço e até a próxima.

PUBLICADO POR

Thiago Batista

Estudante de Gestão de Tecnologia da Informação através da Unisul virtual de SC. Trabalha na WRA Gestão em TI de Maringá. Amante de Tecnologia e um Eterno Aprendiz.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail