Os internautas perderam o entusiasmo com as redes sociais?

Uma pesquisa recente realizada pela Gartner mostrou que 24% dos internautas estão diminuindo o uso das redes sociais.

Ao analisarmos a pesquisa de forma mais abrangente, é apresentado que 34% dos entrevistados também informaram gastar mais tempo nas redes sociais de um tempo para cá, ou seja, o numero de pessoas entediadas com as redes sociais foi menor do que o número de internautas que aumentaram o tempo de acesso aos sites de relacionamento.

Além dos 34% que disseram passar mais tempo nas redes sociais, 39% dos entrevistados disseram que continuam acessando as redes sociais com a mesma frequência.

O estudo foi realizado com um total de 6.295 pessoas – realizado entre dezembro de 2010 e janeiro de 2011 – com idades de 18 a 29 anos.

É possível observarmos com está pesquisa que o número de internautas, que continuam acessando as redes sociais com frequência, ou até mesmo aqueles que aumentaram o tempo que passam nas redes sociais, é muito superior sobre aqueles que disseram que as redes sociais já deram o que tinha que dar.

Como tudo na vida, as redes sociais não conseguem agradar a todos, ou seja, sempre terá uma porcentagem de pessoas que discordam de sua utilidade, funcionalidade e necessidade, mas uma coisa podemos dizer, as redes sociais continuam agradando boa parte dos internautas.

As redes sociais continuam com grande espaço perante aos internautas, seja ela responsável por facilitar a comunicação com outras pessoas, para divulgação de uma marca, venda de produtos, divulgação de informação, sites, blogs e por ai vai, além é claro de ter se tornado uma forte ferramenta de união de pessoas em uma causa, como temos visto na União Europeia, como tínhamos visto no Egito e por ai vai.

Por mais que as empresas apresentem números hoje, através de pesquisas, é difícil discordarmos que as redes sociais se tornaram um dos mais importantes meios de comunicação e interação entre pessoas “virtualmente” (arriscaria dizer até que o mais importante). Claro que muitos concordam que as redes sociais não substituem a comunicação pessoal, o contato físico, visual entre outros (eu também não), mas não podemos discordar da importância e facilidade que as redes sociais trouxeram para nossa comunicação.

Não utilizo as redes sociais como muitas pessoas por ai (com tanta frequência), mas as utilizo em tempos determinados, e se surgir uma necessidade fora destes horários, elas podem me ajudar, acredito que entender a necessidade e utilidade das mesmas pode ser um grande aliado em sua comunicação, interação e até mesmo em ajudas, seja perguntando a seus amigos e conhecidos.

Acredito que os números da pesquisa não apresentam ameaça as redes sociais, e sim que algumas pessoas não são tão adeptas a elas, a ponto de utilizarem com certa frequência, mas que em alguns momentos estas podem lhe servir de alguma forma.

E você está entediado com as redes sociais, deixe sua opinião também.

Abraço e até a próxima.

Fonte: http://www.telegraph.co.uk/technology/social-media/8702509/Young-people-bored-with-social-media.html

PUBLICADO POR

Thiago Batista

Estudante de Gestão de Tecnologia da Informação através da Unisul virtual de SC. Trabalha na WRA Gestão em TI de Maringá. Amante de Tecnologia e um Eterno Aprendiz.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail