LinkedIn anuncia post patrocinado buscando aumentar a receita com publicidade.

Facebook e Google são as principais empresas quando se fala de serviço gratuito baseado em publicidade, pois ambas têm dezenas de formatos publicitários e graças a eles juntam os seus bilhões de dólares anualmente. O LinkedIn, que sempre teve uma atitude bem menos agressiva no uso de anúncios, começa a caminhar cada vez mais para o outro lado da força. Atualmente apenas 23% de sua receita vem de publicidade.

Desta vez a rede social focada no mercado de trabalho e currículo profissional anunciou através de seu blog oficial que está trazendo os “posts patrocinados”, uma funcionalidade já existente no Facebook que lhe permite ganhar mais destaque ao conteúdo publicado através de incentivos financeiros individuais.

A funcionalidade estará disponível para os anunciantes e deve funcionar exatamente como é nos outros serviços, em que você escolhe quanto quer gastar, se quer modalidade CPC ou CPM e qual será o público-alvo ao qual você vai destinar o conteúdo patrocinado. Como você pode ver abaixo, os anúncios devem ser marcados com a palavra “patrocinado” (sponsored, em inglês) e também devem oferecer a possibilidade de serem ocultados, removendo-os do seu feed de notícias.

linkedin-sponsored-updates-post-patrocinado

PUBLICADO POR

Dennis Altermann

Fundador-Editor aqui no blog Midiatismo, trabalhando com marketing digital na DuPont Pioneer do Brasil. Entusiasta e estudioso nas áreas de comunicação, cultura, comportamento e tecnologias digitais.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail