Investimento em publicidade online deve passar jornais e revistas lá por 2015

Um dos assunto que mais tem sido discutidos nos últimos anos é a disparidade na média de investimento em publicidade online dentro do Brasil, um país que tem se vangloriado muito por suas importantes participações na base de usuários da grande maioria dos principais sites e mídias sociais mundiais. Também temos o reforço de muitas pesquisas apontando o brasileiros como “o mais social”, passando mais tempo online que a média de “países de 1º mundo”, onde a internet é muito mais acessível inclusive.

Assunto que também foi discutido na Campus Party Brasil 2012, levanta preocupações quanto ao seu futuro, se realmente será muito melhor mesmo. Em grande parte, são apontados como os principais vilões a falta de confiança que as empresas brasileiras tem no setor e principalmente a “bonificação por investimento em mídia”, que garante alguns % de retorno (legalmente) caso a agência de propaganda invista no que hoje chamamos de mídias tradicionais.

Levando tudo isso e mais um pouco em consideração, uma pesquisa da Warc mostrou que o investimento médio em publicidade online, apesar de se manter na casa dos 5% dentro do país, aumentou de R$ 11 bilhões, em 2003, para R$ 30,1 bilhões, em 2012, ou seja, ela está crescendo muito sim. A pesquisa apontou principalmente sobre o futuro, onde só em 2015 deveremos ver a publicidade online se tornar a segunda na lista de investimento publicitários, ainda perdendo para a televisão.

E você, acha que a publicidade online no Brasil vai realmente passar os jornais e revistas até 2015?

PUBLICADO POR

Dennis Altermann

Fundador-Editor aqui no blog Midiatismo, trabalhando com marketing digital na DuPont Pioneer do Brasil. Entusiasta e estudioso nas áreas de comunicação, cultura, comportamento e tecnologias digitais.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail