Foursquare: O novo GPS?

Post enviado pelo leitorEnvie você também

Parece estranho, mas não é. Estamos diante de mais uma inovação tecnológica que poderá tornar os sistemas de posicionamento global (GPS) obsoletos. Numa corrida frenética em busca de novas tecnologias, o Foursquare se torna a mais nova “vedete” entre os gadgets atualmente disponíveis por trazer dinamismo e informação precisa sobre determinado local.

Esta mídia locativa (segundo o sociólogo e professor da UFBA, André Lemos) é um programa feito para que o indivíduo explore sistematicamente o ambiente em que se encontra e interaja com os seus amigos. Para ter acesso, basta ter um dos modelos de celulares compatíveis com a tecnologia 3G (Iphone, ou um Smartphone ou um Blackberry, por exemplo) adicione o aplicativo e navegue pelo sistema.

 

A partir daí, você passa a indicar aos seus amigos determinados locais, espaços, ambientes. Seus amigos ingressos no sistema ou nas redes sociais (o foursquare trabalha em conjunto com as mais variadas redes sociais e, se uma rede social não está listada, você pode adicionar) e com isso, você vai adquirindo pontos, se tornando o “mayor” do local.

A sacada genial do Foursquare é para mim, o seu aspecto multimidiático e multiplataforma, apesar de ser um serviço de microblogging (tal como o Twitter ou o Plurk), o foursquare vai mais além, integra as redes sociais num sistema de cooperação remota. Assim, a mensagem que você envia do seu aparelho, vai ser registrada e pode ser transmitida pelas redes sociais que você estiver vinculado.

Parece uma espécie de “videogame”, o que não deixa de ser verdade. A sensação é a de que você está inserido em um jogo no qual você indica os “passos” para aqueles que estejam conectados a você. Aliás, esse ponto vem sendo alvo de discordância principalmente entre os serviços de inteligência Americano, pois, segundo eles, torna os usuários bastante vulneráveis à ação dentre outros casos, de terroristas.

O fato de que com o serviço você indique sua posição ou onde você esteja numa espécie de  “check in” dando as coordenadas de sua localização, transferiu para este programa uma das principais habilidades do GPS, A localização via satélite agora é monitorada e compartilhada com sua rede.

Pouco a pouco, as novas mídias caminham para um destino em que a integração entre os gadgets e as redes sociais torna-se cada vez mais linear. Não sendo mais remotamente (com seu computador ou seu laptop nas mãos), mas móvel. Os mobile systems chegaram pra ficar e com isso, a convergência de conteúdos e dos meios agregará mais serviços, da mesma forma como o “SMS” ocupou o lugar do Pager, o 4square vem assumindo aos poucos, o lugar do GPS.

Links relacionados:

http://www.baixaki.com.br/info/4092-o-que-e-a-rede-social-foursquare-e-quais-as-vantagens-dela-.htm

http://www.nuvemseo.net/o-que-e-foursquare

http://www.obaoba.com.br/brasil/magazine/foursquare-voce-sabe-o-que-e

Escrito por Rafael Gomes

Jornalista formado pela UFS, tem 27 anos. E Integrante do Grupo de Pesquisa em Marketing da Universidade Federal de Sergipe
Colaborador do site UPIU.com
Tem um blog chamado: www.20dizer-isso.blogspot.com

Post enviado pelo leitorEnvie você também

PUBLICADO POR

Rafael Gomes

Jornalista, Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Sergipe e estudante de Direito pela Unit.. é Pesquisador na área de Redes Sociais, Mídia Sonora e Novas Tecnologias, colaborador do site da United Press International University (UPIU) e do Midiatismo, Possui um Blog específico na área de Rádio e Novas Tecnologias.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail