Depois de a FTC colocar Facebook na parede, o futuro da sua privacidade parece mais promissor.

Comissão Federal de Comércio (FTC) entrou em um acordo com o Facebook que promete que vai melhorar as suas questões relacionadas a privacidade do usuário, a grande ferida na história da rede social de Mark Zuckerberg, que a propósito, admite que “O Facebook cometeu um monte de erros”.

Segundo informações do Mashable, a empresa assinou um acordo com a FTC que de agora em diante, as modificações relacionadas a privacidade devem ser aceitas pelos usuários, deixando assim mais transparente qualquer modificação neste sentido.

De acordo da FTC, algumas das razões pela qual o Facebook estava sendo punido eram porque, por exemplo, no final de 2009 em uma mudança no site, diversos dados de usuários que eram privados até então, ficaram expostos publicamente. Além de uma lista de alguns outros problemas, como de guardar dados após a exclusão da conta, a empresa teria alegado que não compartilhava os dados de seus usuários com os seus anunciantes, o que também não conseguiu cumprir.

É, ficou tenso para seu lado Mark.

 

Esta novidade deve fazer com que o Facebook tenha preocupações muito maiores com a privacidade de seus usuários nas próximas atualizações, que ocorrem com uma certa frequência. Também sabemos que o Facebook está sendo prejudicado pelo tamanho que tomou, pois sabemos que diversos outros serviços tem os mesmo problemas de privacidade.

PUBLICADO POR

Dennis Altermann

Fundador-Editor aqui no blog Midiatismo, trabalhando com marketing digital na DuPont Pioneer do Brasil. Entusiasta e estudioso nas áreas de comunicação, cultura, comportamento e tecnologias digitais.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail