Aplicativo do YouTube para Android da pistas sobre o futuro do serviço

Desde que as pessoas se deram conta de que a grande utilidade das Smart TVs é assistir ao o YouTube na tela grande e que canais de “Youtubers” profissionais se tornaram a principal atracão do serviço, todos se perguntam quando o YouTube ira desbancar a televisão de vez. Bom, ao menos eu me pergunto isso.

Apesar de já haver muita especulação sobre este mesmo assunto, já que o Google, que esta por trás do Youtube, já demonstrou diversas vezes que tem interesse em trazer conteúdos mais profissionais para o serviço e não ser apenas um repositório para as várias paródias do último meme do momento. Nesta semana toda esta história ganhou mais um capitulo.

Aplicativo do Youtube para Android em um tablet.

Aplicativo do Youtube para Android em um tablet.

Mexendo no código do aplicativo do YouTube para Android após a ultima atualização, foram encontradas duas mensagens: “Você só pode se inscrever neste canal pago através do seu computador” e “Você só pode cancelar a inscrição deste canal pago através do seu computador“. Estas evidências de que o YouTube realmente planeja inserir os canais pagos, algo aguardado por muitos e que tem chance de importunar muitos canais de televisão. Segundo rumores levantados anteriormente, os canais pagos poderiam custa entre US$1 e US$5 mensais, desta forma dariam mais autonomia para os canais que procuram se profissionalizar e viver de Youtube.

<string name=”paid_channel_subscribe_message”>You can only subscribe to this paid channel on your computer.</string>

<string name=”paid_channel_unsubscribe_message”>You can only unsubscribe from this paid channel on your computer.</string>Código encontrando no app oficial do Youtube para Android

A grande vantagem do YouTube em relação a televisão tradicional, que é assistir quando e onde quiser, ganha ainda mais força com uma estratégia assim, já que traria uma forma de renda fixa para os produtores e iria ajudar assim a trazer mais produções de alta qualidade e quem sabe, porque não, programas que hoje vemos apenas na televisão fechada, sendo produzido por grandes grupos de comunicação. Bom, não custa sonhar um pouco.

Infelizmente não há qualquer previsão de quando este sistema irá funcionar efetivamente, mas todos sabemos que em algum momento esse dia chegará e assim teremos mudanças profundas no futuro da televisão e do consumo de conteúdo em vídeo.

PUBLICADO POR

Dennis Altermann

Fundador-Editor aqui no blog Midiatismo, trabalhando com marketing digital na DuPont Pioneer do Brasil. Entusiasta e estudioso nas áreas de comunicação, cultura, comportamento e tecnologias digitais.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail