Utilize o principio de AIDA como referência para melhores resultados.

aida-atencao-interesse-desejo-acao

Os profissionais de marketing adoram uma sigla, ainda tenho minhas dúvidas se preferem mais siglas ou termos em outro idioma. AIDA vem do inglês Attention, Interest, Desire e Action e que também tem uma tradução que não muda a estrutura da sigla, que seria Atenção, Interesse, Desejo e Ação.

Este principio é visto em forma de linha temporal, que segue a seguinte lógica:

  1. A: Você chama a atenção do usuário;
  2. I: Você faz o usuário se interessar no que você tem;
  3. D: Você faz o usuário querer adquirir/comprar aquilo;
  4. A: Você convoca o usuário a comprar o item;

Este principio também é utilizado por muitos como uma pirâmide invertida. Esta forma de visualizar o principio de AIDA se assemelha muito à pirâmide da geração de leads (também chamado de funil de leads), onde o usuário passa do topo e afunila para a base.

O AIDA pode ser utilizado em diversos contextos dentro das ferramentas digitais, mas é conhecido principalmente por quem trabalha com a criação de landing pages e email marketing. Vamos analisar melhor cada um dos quatro pontos dentro destes dois contextos:

A – Atenção

Nesta primeira etapa o objetivo é fazer com que o usuário ao menos preste atenção em você. Isto pode ser feito de diversas formas e vai depender do objetivo de sua marca e do meio em que você está aplicando a técnica.

    Email Marketing

  • No email, esta parte começa pelo o assunto. Ele precisa justificar o fato de clicar na sua mensagem e não em outra;
  • Após aberta a mensagem, você terá o mesmo processo acontecendo ao ver a sua mensagem. Você precisa chamar a atenção para que ele veja o resto do conteúdo;

    Landing Page

  • Na página de pouso, a parte da atenção também passa por dois pontos: O anúncio que o trouxe até aqui e a mensagem da página;
  • O anúncio que leva até a landing page deve convencer a pessoa de que ela deve visitar o link;

I – Interesse

Após ter chamado atenção da pessoa, você precisa garantir que ela tenha interesse pelo que você está oferecendo. Nesta etapa uma boa parte das pessoas já “cai fora”, pois você levou ela até a mensagem, mas não vai ser tão fácil assim prender o interesse da pessoa. Ao longo da sua mensagem você deve mostrar o que está oferecendo e porque a pessoa deve adquirir aquilo.

    Email Marketing

  • Dentro do email, você deve trabalhar com conteúdo e visual de forma que a pessoa se interesse pelo resto da mensagem;

    Landing Page

  • Dentro da landing page você pode trabalhar com textos em destaque, como destacar as principais vantagens do produto;
  • Pense em conteúdos de consumo rápido, como imagens e frases de efeito, deixe o conteúdo mais longo e complexo para despertar o desejo;

D – Desejo

Depois de ter despertado o interesse na pessoa, no momento em que ela realmente está pensando em adquirir o que você está oferecendo, você deve mostrar conteúdo que vá definir se aquela pessoa vai tomar a ação ou não.

    Email Marketing

  • Dentro do email as mensagens em geral são curtas e objetivas, portanto a etapa de interesse e desejo pode se confundir;

    Landing Page

  • Já dentro da landing page, onde você geralmente tem mais espaço, você pode usar vídeos e depoimentos de clientes para convencer o usuário de que aquilo é o que ele precisa;

A – Ação

O usuário já foi transformado em um potencial cliente. Agora que você chamou a sua atenção, despertou o interesse e transformou este interesse em desejo, está na hora de convocar esta pessoa a comprar/adquirir o que você está oferecendo. Você deve utilizar um CTA (call to action) que realmente convença a pessoa a tomar aquela ação.

    Email Marketing

  • Mostre que o preço está atrativo;
  • Faça a pessoa se sentir valorizada por ter recebido aquele email;

    Landing Page

  • Aproveite a página para trabalhar com o sentido de urgência, mostrando que a pessoa não deve perder a oportunidade, seja porque há poucas unidades ou pouco tempo para adquirir;

PUBLICADO POR

Dennis Altermann

Fundador-Editor aqui no blog Midiatismo, trabalhando com marketing digital na DuPont Pioneer do Brasil. Entusiasta e estudioso nas áreas de comunicação, cultura, comportamento e tecnologias digitais.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail