#share2015poa – segundo dia!

No dia 19/09 aconteceu o segundo dia da edição do Evento Share de Social Media na ESPM em Porto Alegre. Como no dia anterior (leia aqui), o evento reuniu vários palestrantes da área que abordaram conteúdos bem interessantes. Abaixo selecionei alguns tópicos legais de alguns deles:

A próxima geração do Real Time Marketing – Larissa Magrisso – W3Haus

  • Na verdade o Real Marketing é o antigo e tradicional olho no olho dos vendedores com os clientes;
  • É quando um conteúdo presta um serviço, aliando antecipação e planejamento com um pouco de improvisação;
  • Não é publicar mais rápido ou ter a melhor sacada, mas sim competir pelo significado;
  • Encontrar o momento em que os consumidores estão mais receptivos e facilitar a vida deles;
  • É o “faça algo por mim” ou “me ensine”;
  • Utilidade = conteúdo + design + tecnologia;
  • Exemplo de campanha da W3Haus: O Boticário com 24 horas de ensinamentos;
  • Exemplo 2: Petrobras “Eu chego lá”, que levou mulheres para dirigir pela primeira vez e interagiu com outras mulheres, criando até um mapa para ajudar a estacionar numa garagem, por exemplo;
  • Não é quantidade, é fazer a diferença;

The Social Checklist (criando para um mundo social) – Ana Laura Mello – Remix

  • A relevância deve ser considerada no contexto das pessoas e não das marcas;
  • Não “big idea”, mas “long idea”;
  • Segundo ela, estamos vivendo um momento hippie da comunicação;
  • Propósito = essência da marca, o que antigamente era a missão e a visão;
  • É preciso pedir: por que a marca existe? Assim a agência e o cliente conseguem criar juntos e dar sentido para as estratégias;

Como pensar o conteúdo para a Internet – Manuela Barem – BuzzFeed

  • Segundo ela o BuzzFeed tem muitos poucos acessos na página inicial, mas seus conteúdos viralizam nas Redes Sociais;
  • O segredo é o conteúdo que emociona a audiência e que faz sentido com a sua identidade;
  • 1 milhão de pessoas alcançadas em 1 post com 100 mil fãs na página, ou seja, as pessoas se dedicam a espalhar algo;
  • O conteúdo é bom quando chega nas pessoas que não estão na timeline do Facebook o tempo todo, por exemplo;
  • Um post bom e aquele que tem emoção no título e já traz a identificação com público ali. Não é preciso conquistar colocar o “clique aqui”. O título é um convite, precisa vender sem incomodar;
  • Depois o texto precisa explicar a tese do título para gerar a sensação de recompensa;
  • A equipe precisa ser bem diferenciada para produzir os conteúdos;

Everyday Fun: a estratégia do McDonald’s nos meios digitais – Guilherme Coe – McDonald’s

  • Visão digital da empresa em dois caminhos: everyday convenience (físico, hardware) e everyday fun (para crescer a empresa, engajamento em todos os pontos de contato)
  • Exemplo: inlovinit24 – ativação local + redes sociais + canais proprietários + search + influenciadores + vídeos;

  • Exemplos: #NaBatidaDoFrappé e Cup Song McCafé – se inspiram nas tendências;
  • Exemplo: Grand Piano e #LoucosPorQueijo – materiais sempre bem produzidos;

Para acompanhar as próximas edições do evento é só curtir a página deles no Facebook: https://www.facebook.com/eventoshare.

PUBLICADO POR

Anna Laura Neumann

Publicitária e Social Media, apaixonada por tudo o que envolve Comunicação, pessoas e relacionamento.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail