Qual a diferença entre Social Commerce e Behavioral Commerce?

Essa pergunta surgiu em nosso Formspring.me/Midiatismo feita pelo Wemmerson Seixas e percebi que ela poderia virar um belo post. O mercado de marketing digital está cheio de termos e sempre há um que está mais em alta, outro em baixo, outro oculto, mas sempre são trazidos a discussão por causa da recente realidade do comércio eletrônico, porém são mais antigos do que podemos imaginar. Com estes dois termos que ilustram nosso título não é diferente. Entenda o que é behavioral commerce e qual a diferença dele para o social commerce.

Antes de explicar a diferença, precisamos entender o que é cada um dos termos:
Notice: WP_Query foi chamado com um argumento que está obsoleto desde a versão 3.1.0! caller_get_posts está depreciado. Utilize ignore_sticky_posts no lugar. in /home/midiatismo/www/wp-includes/functions.php on line 4023

O que é Social Commerce?

Este tipo de comércio evoluiu muito com o crescimento das ferramentas da web 2.0. Mas por quê? Bom, as mídias sociais apareceram nos últimos anos como uma revolução não apenas da comunicação, mas da sociedade. Esse tipo de comércio se baseia na interação social para levar a uma venda, é a participação dos consumidores em novas vendas, trocas e no pós-venda.

A partir do momento que o internauta faz um comentário sobre o produto, deixa uma avaliação sobre o processo de compra e/ou ajuda outro usuário que quer comprar ou acabou de comprar um produto, está sendo feito a prática de social commerce.

A caracterização deste comércio social se da quando o usuário passa a fazer parte de todo o processo que envolve uma troca de valores. Este termo não surgiu com as mídias sociais, mas foi potencializado por elas e hoje é uma grande ferramenta muito utilizando dentro do marketing digital.

O que é Behavioral Commerce?

Este tipo de comércio utiliza o comportamento humano como arma para vender. Assim como o social commerce, este tipo de comércio não surgiu junto com as novas mídias, comércio eletrônico ou qualquer meio digital, existe desde que o ser humano começou a analisar o consumidor para adequar a sua venda. O behavioral commerce é, de forma simples, a analise e identificação do comportamento humano e usar o resultado disso para gerar uma venda.

Um exemplo dentro deste tipo de comércio é o utilizado hoje em dia pelas empresas de compra coletiva: As empresas perceberam que existem muitos consumidores que são envolvidos pela adrenalina e fazem as famosas compras por impulso. Analisando este comportamento humano bastante comum, as empresas perceberam que é possível oferecer um serviço que tem limite de tempo, promoção válida por 1 dia. Dependendo de que horas você tem acesso a oferta, você pode ter só algumas horas para decidir se vai aceitar o que lhe foi oferecido, sabendo que se não aproveitar o desconto, pode acabar nunca mais conseguindo ir naquele lugar.

E qual a diferença entre Social Commerce e Behavioral Commerce?

A grande diferença entre ambos é o que eles exploram. Enquanto o Social Commerce explora a interação social, troca de ideias, comentários, avaliações e usa isso a favor dos bons produtos, o Behavioral Commerce presta atenção nos comportamento humanos para identificar a melhor forma de vender para aquele segmento. Enquanto uma utiliza um número maior de informações para vender a outra estratégia utiliza uma lógica mais impulsiva.

Referências: Social-commerce é a crista da onda! e Behavioral Commerce

PUBLICADO POR

Dennis Altermann

Fundador-Editor aqui no blog Midiatismo, trabalhando com marketing digital na DuPont Pioneer do Brasil. Entusiasta e estudioso nas áreas de comunicação, cultura, comportamento e tecnologias digitais.

Novidades e atualizações, direto em seu e-mail

  • Ótimo post, muito claro e objetivo.

    Apesar de os termos parecerem a mesma coisa, eles trabalham em momentos diferentes. O interessante é que a combinação dos dois pode gerar ótimos modelos de negócio.

    Abraços.

    • Obrigado! ^^

      Poisé, quando fizeram a pergunta no Formspring eu fui pesquisar melhor para conseguir diferenciar bem. Ambos andam muito juntos, principalmente porque o Social Commerce também se aproveita (de uma certa forma) do comportamento humano de confiança. Acho que conhecer ambos as estratégias e saber combina-las pode ser muito proveitoso sim.

  • Olá Dennis, é muito interessante esta analise sobre Behavioral e Social Commerce, pois muitos possuem dúvidas sobre esses conceitos que estão surgindo no mundo digital.
    Na minha visão o Behavioral é apenas um elemento dentro do Social Commerce, pois o comportamento que leva as pessoas ao impulso de uma compra é sempre baseado por uma cultura ou identidade social delas. Todas essas características humanas que o Behavioral Commerce utiliza para alcançar suas vendas são dependentes dos conceitos da sociedade em que ele vive, e o Social Commerce trabalha exatamente com esse modelo, do relacionamento entre a sociedade e o comércio, utilizando destes fatores para alcançar o objetivo final que é a venda.
    E a partir desses conceitos, que um ambiente social forma o comportamento de uma pessoa é que estruturo minha opinião que o Behavioral Commerce é apenas um fator de compra utilizado dentro do Social Commerce.

    Acho que esses modelos ainda darão o que falar e o que discutir ainda.
    Muito bem explorado o tema, parabéns.

    Thiago Nascimento
    htttp://www.socialcommerce.blog.br


Notice: get_currentuserinfo está obsoleto desde a versão 4.5.0! Use wp_get_current_user() em seu lugar. in /home/midiatismo/www/wp-includes/functions.php on line 3831