Porque o Orkut não vai morrer tão cedo…

Relendo o texto publicado por Dennis Altermann sobre a “morte do Orkut”(aqui) lembrei-me de alguns comentários feitos por palestrantes no “Get follow”, evento realizado na FABICO (UFRGS) este ano (mais informações). Nessa ocasião, ao contrário do título do texto do Dennis que diz “O orkut vai morrer (…)” ouvi deles que o Orkut já estava morto, quando na verdade o Orkut está mais vivo do que nunca. O que está acontecendo de fato é que aqueles que estudam redes sociais estão migrando para outras redes.
O que vejo é que, ao se manterem atualizados, esses “profissionais” vão abandonando as redes já “dominadas” e passando a explorar as recém surgidas, ou que ainda representam algum desafio em termos de estratégias. Assim, esquecem-se de que temos no Brasil muitas pessoas que ainda acessam a internet em Lan Houses e que estas, assim como várias outras que recém ingressaram na web, têm o Orkut como referência. Afinal, essa foi a primeira grande rede popularizada e é ela que, ainda, consegue reunir famílias, amigos, ex-colegas de escola e/ou de trabalho por ser uma mídia que não exige acompanhamento constante. É perfeito para quem acessa a internet esporadicamente, quando sobra um tempinho ou uns trocados. Prática sem sentido para o Twitter, por exemplo, ou para o Facebook, já que os dados da timeline não são tão fáceis de se resgatar depois de algumas horas, quem dirá depois de alguns dias, dada a sua característica “imediatista”.

Além disso, vale lembrar que o Twitter, por exemplo, não deixa “marcada” tão fortemente a existência do usuário como o Orkut, onde ele tem um perfil “estático” que pode deixar propositalmente “rastros” para serem seguidos. Além do mais, o Twitter exige a produção de conteúdo e, como mostram as pesquisas de comportamento, a maioria dos internautas só consome e/ou repassa informações. Ok, para esses casos existe a chance do usuário seguir muitas pessoas e retuitar todas elas, mas isso não traria seguidores, nem capital social na rede, como a oferecida pelo Orkut, o que a tornaria desinteressante para ele.

No “Get Folow” defenderam o Facebook como substituto do Orkut. Realmente muitas pessoas têm migrado para essa outra rede. Contudo, a maioria delas não abandonou o perfil do Orkut. Isto porque é nele que as relações estão formadas, é lá que estão as comunidades em torno de algum tema de interesse pessoal, é onde os usuários já são milionários nos jogos disponibilizados pelo sistema e assim por diante. Ou seja, existem “n” motivos para que eles mantenham o seu perfil do Orkut, ainda que venham a participar de outras redes.

Outro ponto negativo sob o ponto de vista dos usuários é a interface do Facebook, o qual tem praticamente todas as funcionalidades do Orkut, porém com uma linguagem que se assemelha a do Twitter, com a timeline, complicando a navegação do usuário inexperiente e o acompanhamento das ações dos seus “amigos”. Eles entram no Facebook com a lógica simples que aprenderam no Orkut e, obviamente, confundem-se e acabam desistindo.

O que quero salientar com esse texto, não é que o Orkut terá vida eterna, muito menos que as pessoas nunca se adaptarão ao Facebook, por ele se utilizar de uma linguagem diferente. Mas que o Orkut tem a vantagem de ser o precursor no Brasil e, portanto, ter uma parcela de pessoas que se mantêm na sua base de dados para não perder contatos. Além disso, “ensinou” o usuário a “fuxicar” e interagir na web a sua maneira, popularizando-se de forma muito particular. A prova disso é o número de comunidades criadas a cada alteração do sistema, as quais têm aproximado a sua linguagem a do Facebook descontentando muitos dos seus usuários.

Então, é claro que Orkut pode vir a morrer, mas discordo dos que afirmam que ele “já era” e pelos motivos antes mencionados, penso que o fim ainda esteja longe.

PUBLICADO POR

Daniela Mattos

Estudante de Relações Públicas – UFRGS
Atua como voluntária no Marketing Digital do Projeto Animais Respeito (@animaisrespeito) e acompanha interessadamente as mudanças provocadas pelas interações mediadas por computador.

Leia mais sobre
, , ,
Novidades e atualizações, direto em seu e-mail

  • O Facebook e o Orkut atualmente fazem uso de timeline, contudo o orkut ainda é mais simples de usar por ter menos ferramentas, mas aos poucos o Facebook ganha muito espaço no Brasil (e no Mundo é claro).
    Um dia eventualmente toda rede social ou empresa chega ao seu fim ou a um novo começo, isso acontecerá mais cedo ou mais tarde.

  • Cara concordo com seu poster, o orkut não morreu ainda por enquanto. E o é isso ele aproxima as familia colegas amigos, eu por exemplo mudei de cidade e é atraz de do orkut que tenho contato e meus colegas e familia da minha ex cidade é isso que ainda deixa o orkut forte! Outro motivo de orkut não está morto é pelo uso fácil muitas as pessoas que tem uma leitura fraca e não tem muito intimidade com a internet usa o orkut por ser simples e são super viciado no orkut eu tenho colegas mãe de colegas meu são super viciados no orkut em jogos do orkut e isso favoreci muito! Eu acho também que as pessoas que estão migrando pra Twitter Facebook e Tumblr são na maioria adolecente pessoas de faixxa etaria de 12 à 30 anos. Eu tou no Twitter desde 2009 e comecei a usar mais o Facebook esse ano de 2010 mas já tinha ele em 2009 só q não fazia tanto uso como agora é porque você usar uma rede que poucos amigos tem te desanima eu entre os meus amigos sou um dos poucos que uso o Twitter e Facebook é como eu li no poste que o nosso amigo publicou tem muitas pessoas que entra no Facebook, Twitter com a lógica simples que aprenderam no Orkut e, obviamente, confundem-se e acabam desistindo, Eu tenho exemplo disso entre meus amigos e colegas. Eu quando entrei no Twitter eu vi falar na TV sobre o Twitter no ano de 2009 e fui saber como era por curiosidade e gostei e acabei viciando e abandoei o orkut e só ainda tenho orkut por causa de amigos e contato com a familia mais se não já tinha deletado é isso galera valeu que leu esse comentario meu meio que idiota "kk"
    Meu twitter @elsonmattiuz meu facacebook http://www.facebook.com/elsonmattiuz nos encontramos por lá.

  • Verdade, Rondinelli, os dois tem a timeline, mas o orkut ainda disponibiliza a versão antiga, que é muito mais fácil de entender, e percebi que muitos usuários não migraram para o “novo orkut” e mesmo os novos usuários acabam ficando na versão antiga. É por essas e por outras que essa rede ainda pode dar muito o que falar.

    Elson, o motivo para eu continuar no Orkut é o mesmo que o seu e creio que muitas pessoas devem estar na mesma situação.

    Ontem tive acesso a um texto que complementa esse meu, mostrando algumas perspectivas desta mídia, segue o link: http://bit.ly/hjxNe6

    Obrigada pelos coments! 

    😉

  • Excelente texto, Daniela!
    E sou de total acordo. O que acontece é algo que venho defendendo e muito em alguns textos – existe um certo ar de "fetiche" em dizer que algo é febre e acaba e outra coisa toma o lugar. A verdade é que nos próximos anos (acredito que até fim de 2011/12) nós já nao vejamos o Orkut como site supremo em se tratando de redes sociais no Brasil. Todavia quer dizer que ele acabará?? Não acredito (a menos que o google resolva dar um The end) As redes sociais mudam e migram, da mesma forma mudam e migram seus usuários.

  • Diego

    Só não deletei meu orkut pq. muitos amigos antigos ainda matem conta lá e não migraram para o face. Parabéns pela matéria sintetizou muito bem a forma como os brasileiros interagem com as redes sociais.

  • Falou tudo. Sou usuário do Orkut desde janeiro de 2005, em 2010 criei a minha conta no FAcebook e desde o ano passado já vinha conhecendo o twitter. Mas toda a vez q vou usar o Facebook me bato muito por não ter idéia de como mexer naquilo. Por isso o Orkut ainda é minha preferência.

  • Agnaldo Silva

    Isso me fez lembrar quando eu montei meu primeiro negocio depois de um tempo apareceu um concorrente por causa da novidade muitos clientes foram para o concorrente mas depois de um tempo a maioria voltou a ser cliente novamente.

  • Concordo com o Post, e vejo uma grande vantagem no orkut que são as comunidades, e consequentemente os Fóruns, que são verdadeiras 'mão-na-roda' ! Por isso ainda uso, o orkut, junto com o facebook e o twitter =)

    • Só acesso Orkut para ver comunidades, o que não existe no Facebook.

  • O que mostra como morte do Orkut, é a falta de uso da ferramenta em outros países…
    Hoje o Orkut é vivido apenas por brasileiros…. Acham que o Google vai manter um suporte para apenas um país??
    Vamos contar as horas de vida do velho Orkut!!!

  • Luciano

    Pelo menos entre meus amigos ele ja esta morto… meu orkut a cada que passa perde usuarios… e o facebook todo dia aumenta… estou estimando que nos proximos 3 meses, meu facebook tera superado o numero de amigos do Orkut. So nao acabei com o meu por causa de algumas comunidades… pq pra mim ele ja morreu faz tempo, dificilmente envio uma mensagem pra alguem por ele!

  • Marco

    Muito bom Daniela… muitas vezes nós que lidamos com informática como profissão, no caso eu sou analista de sistemas, vemos as tecnologias evoluindo e acompanhamos diariamente, esquecemos que a GRANDE maioria dos usuários, principalmente no Brasil, tem pouco conhecimento e acaba se mantendo por mais tempo em tecnologias mais ultrapassadas… Por exemplo, 95% dos meus clientes utilizam Windows XP, e só vão trocar para o Windows 7 ou outro que venha surgir, quando o XP não tiver mais saída. Por quê? Estão adaptados, e por isso lhes parece mais fácil. Assim é também com as redes sociais. Nós, que acompanhamos e nos é simples e até prazeroso o "desafio" de evoluir, de trocar para algo mais moderno, mudamos com muito mais velocidade do que o usuário comum. Por isso, o Orkut vai sim morrer, mas aos poucos e não tão depressa. Tipo o Zé Alencar. Parece sempre que ele tá morrendo, mas os anos passam e ele continua.

  • Eric

    Não entendo esse povo que gosta tanto do facebook, eu tenho facebook e creio que sei utilizar todas as funções dele, porém ele não me agrada, já o orkut, eu só uso por causa de algumas comunidades, comunidades essas que substituíram foruns, poucos foruns sobreviveram, por causa das comunidades do orkut, que concentra várias pessoas sobre determinados assuntos e tópicos de discussões, trocas de informações e etc.

    Claro, um dia ainda o Orkut vai morrer, mas não vai ser agora, ou talvez nem morra de fato, pois a google não abandonaria assim, eles vão fazer quaisquer mudanças para poder sempre estarem se “inovando”.

  • O Facebook está crescendo, mas em poucos países como o Brasil ele ainda não é predominante, mas acredito que isso é só uma questão de tempo.
    Então me tirem uma dúvida:
    Quando o tal do Mark Zucherberg foi expandindo o Facebook para outros países, o Brasil não estava na lista dele? Pq pra mim não faz sentido o orkut fazer mais sucesso que ele quando os dois são idênticos, e aliás, o orkut é mais uma cópia do facebook.

    • Difícil o Orkut ser uma cópia do Facebook… ambos começaram em 2004… o Orkut em janeiro o Facebook em fevereiro, sendo que o segundo era fechado a determinados usuários. O layout do Orkut se assemelhar ao do Facebook antigo (porque agora o Facebook mudou) é só a tendência de uma maior interatividade.

  • Essa "briga" de hoje Orkut x Facebook me lembra uma história que li no livro "O Andar do Bêbado". Até pouco tempo nem se ouvia falar em Facebook no Brasil, bastou ter 300 reportagens e diversas pessoas "cool" falando, que no mundo todo se usava o Facebook, que começou a crescer. Bom, falando da história. Não é muito antiga a classificação de vinhos por números. E isso determina quais são os "bons" e os "ruins". Os que custam 200 reais e os que custam 40. Mas o que se sabe através de estudos é que são questões subjetivas e os mesmos avaliadores cometem erros de classificação em testes cego e os compradores avaliam melhor os que são mais caros mesmo sendo o vinho mais barato com um preço diferente.

    Chego ao Facebook assim, em detrimento ao Orkut. Criou-se a imagem que o Facebook é MUITO melhor, um produto "mais caro" enquanto o Orkut é o irmão pobre. Tem livro sobre o criador do Facebook. Esse livro virou filme. O Orkut está no Brasil desde 2004 (ao menos foi quando recebi meu convite), já conheci um funcionário do Google que havia viajado pra cá estudar porque era tão grande a nossa comunidade, e nunca vi essa onda toda a respeito, como fazem com o Facebook. Claro que não serve como uma pesquisa com validação estatística, mas observando pessoas ao meu redor vejo que muitas aderiram ao Facebook pelos jogos, tipo a Farmville. Se essa for a competitividade entre Facebook x Orkut no Brasil, quem tem mais chances de perder seguidores é o Facebook e não o Orkut, que como o texto fala, está mais sedimentado pelas relações entre amigos e comunidades.

  • É simples..

    Tudo segue uma tendência e toda tendência tende a ser formada a partir de uma massa que consequentemente é influêciada por pequenos ou grandes movimentos.

    Orkut tem pouca integração com desenvolvedores, o que soa estranho em se tratando de material da Google,inc.

    Com isso, os desenvolvedores forcam cada vez mais no facebook que JÁ TEM uma ampliação internacional e oferece melhores ferramentas para integração… e esse é o primeiro pequeno movimento que fará a massa migrar..

    Orkut um dia irá acabar(calculo algo em torno de 4 anos). Facebook deve durar um pouco mais mas logo acabará também.