Depois do Facebook e LinkedIn, Twitter quer abrir escritório no Brasil. O que isso significa?

Alguns dias atrás o Twitter anunciou semi-oficialmente através de Adam Brain (responsável pela receita global do microblog) que há planos de abrir um escritório do serviço em terras brasileiras nos próximos meses. Ele mesmo deixou claro que o objetivo seria trabalhar melhor a parte de investimentos publicitários na rede social.

O Twitter não é a primeira rede social a vir para o Brasil com objetivos financeiros, Facebook e LinkedIn também já fizeram o mesmo nos últimos meses. Em Agosto de 2011, mais ou menos um ano atrás, o Facebook anunciava a abertura de seu escritório no Brasil para gerenciar suas operações na América Latina. Um pouco depois, no final de Novembro (2011), o LinkedIn tomava os mesmo passos do Facebook e também abria seu escritório brasileiro.

É uma pena que, na grande maioria das vezes, estes escritórios serviram apenas para procurar novos anunciantes, melhorar suporte que é bom, nada.

O Google, por exemplo, já tem escritório aqui faz bastante tempo.

O que a abertura de escritórios significa para os anunciantes?

A conclusão mais rápida que podemos tirar de qualquer serviço que abre um escritório no Brasil é que eles perceberam um crescimento dos investimentos publicitários no país. Já sabemos que aqui temos muitos internautas e o uso da internet é bem difundido (apesar de não atingir boa parte da população, ainda), portanto não é difícil que o Brasil chame atenção de qualquer serviço hoje em dia.

Como anunciantes, podemos esperar parcerias com grandes empresas e também uma consideração maior pela realidade do nosso mercado. Mas na grande maioria das vezes não há mudanças bruscas, a grande maioria delas acontecem sem que a gente saiba ou perceba.

Talvez o que podemos esperar (mas nem sempre acontece) é que deem mais atenção a tradução dos recursos e mesmo a chegada deles em terras brasileiras, já que sabemos que muitas coisas são testadas no EUA e depois passadas para os outros países.

E para os usuários, o que isso significa?

A chegada do escritório do Twitter, por exemplo, significa que poderemos ver empresas brasileiras começando a aproveitar os formatos de anúncio dentro do Twitter. Significa também que vamos receber um pouco mais de atenção, como por exemplo, adicionar mais cidades aos Trending Topics do Twitter.

Já em casos como o do Facebook, além de mais anúncios, é possível que a implementação de novos recursos da rede social para os brasileiros ocorra de forma mais rápida, evitando aquele vácuo de algumas semanas que geralmente se tem quando algo de novo é lançado nos EUA.

Podemos esperar inclusive parceria entre algum destes serviços e eventos de grande porte, como por exemplo, os shows ao vivo no Youtube (que já vimos algumas vezes).

Midiatismo News

Receba um resumo das principais notícias e links sobre comunicação e marketing digital. Direto em seu email. De graça!


  • http://trancewindow.tumblr.com Ingo Sabage
    O suporte do Facebook realmente é um lixo. Tanto para usuários quanto para anunciantes. Nem as “denúncias” funcionam, não existe telefone de contato, nem mesmo para anunciantes. Não chega nem aos pés do Google.
    • http://www.dennisaltermann.com.br/ Dennis Altermann
      Eu que sei. Todo dia pessoas vem até o blog pedindo ajuda para dúvidas que um suporte -melhor – do Facebook resolveria. Na época pensei que iria melhorar, mas acho que não mudou nada mesmo.
  • Cícero

    Essas iniciativas de empresas de fora virem para o Brasil
    também se da que o Brasil esta sendo bem visto como grande gerador de conteúdo,
    é um dos países que mais utiliza as redes sociais para os mais diversos casos,
    é acredito que para poder melhorar em todos os aspectos tanto de suporte quanto
    de publicidade a melhor forma e entender nossa cultura.

    • http://www.dennisaltermann.com.br/ Dennis Altermann
      Pois é. Em relação ao suporte, como eu comentei, era minha esperança… mas realmente vi pouca coisa nesse sentido.